Tour por Pinheiros - SP: Saiba como aproveitar o melhor do bairro!
setembro 27, 2021

Tour por Pinheiros - SP: Saiba como aproveitar o melhor do bairro!

por Equipe Linus

tour-por-pinheiros

Queridinho por muitos, o bairro de Pinheiros é uma representação clara da cidade de São Paulo: tem de tudo, é frequentado por todas as classes sociais e uma boa parte da atividade econômica da cidade está lá.

Então, se você mora, trabalha, frequenta os bares, as baladas e as lojas, sabe que vale a pena falar sobre ele. E, se por acaso você não conhece ainda, inclua na agenda algumas visitas, durante o dia, à noite e nos fins de semana.

Fique com a gente que vamos contar tudo o que você precisa saber.

Conheça a história do bairro de Pinheiros - SP

Hoje em dia, São Paulo é uma coisa só. É aquilo que os geógrafos e urbanistas chamam de conurbação, quando não há uma divisão clara entre bairros e até mesmo cidades.

Porém, antigamente, Pinheiros era uma parada de tropas, que iam para o interior do Estado de São Paulo, principalmente para a região de Sorocaba. Havia acesso pelo rio ou por trilha, e muitas pessoas que desenvolveram a cidade escolheram ter nessa região suas chácaras e até mesmo fazendas.

As origens do bairro remontam, segundo alguns historiadores, uma tentativa de ataque de grupos indígenas à Vila de São Paulo, por volta de 1560. Com o fracasso do ataque, eles ficaram onde hoje está o Largo da Batata.

É interessante ver que os lugares que estão hoje ocupados por empresas, lojas, bares e restaurantes já tem movimentação há mais de 450 anos.

Será que Pinheiros é o bairro mais antigo da cidade?

Pelo fato de ser o primeiro lugar com habitação constante e organizada no que depois se desenvolveu como a cidade de São Paulo, muita gente dá a Pinheiros o título de bairro mais antigo da cidade. Tem gente que diz que isso aconteceu na verdade do outro lado da cidade, em São Miguel Paulista. O que importa é que se não é o mais antigo, com certeza está entre os dois mais antigos.

Depois de aldeia, freguesia e vila, Pinheiros passou a ser bairro de São Paulo. Porém, as denominações de bairros e a ideia de que tudo faria parte de uma mesma cidade demorou muito para acontecer.

Para termos uma noção da distância, Pinheiros fica em um lugar em que uma tropa se deslocava durante metade de meio dia a partir da Vila de São Paulo. Esse trajeto era feito principalmente pelo caminho de Pinheiros, onde hoje está a Rua da Consolação.

A origem do nome Pinheiros

O nome Pinheiros vem das árvores, é claro. Claro? Tem gente que acha que não. Afinal, por que haveria pinheiros originalmente naquela região, se ela não é uma árvore do local?

Então, o Dicionário Geográfico da Província de S. Paulo, obra clássica de João Mendes de Almeida, diz que o processo se deu ao contrário. Os indígenas chamavam a região de Pi-iêrê, que significa “lugar que alaga”, alusão às constantes cheias do Rio Grande (depois chamado de Rio Pinheiros).

Os portugueses passaram a chamar de Pinheiros, pela proximidade sonora e, por fim, alguns dos donos do local passaram a plantar a árvore, naturalmente encontrada na Região Sul do país.

Roteiro Pinheiros - SP: Descubra as principais atrações do bairro!

Mas, muito além de história, é importante saber o que é que a gente pode fazer atualmente no bairro, em cada canto dele, inclusive na famosa Vila Madalena, que faz parte do distrito de Pinheiros. E, como já dissemos, são tantas as opções, que dá para fazer uma lista enorme.

Aqui, vamos tentar mostrar o que é imperdível, principalmente para você que gosta de bairros descolados, com frequência de gente que se preocupa com o bem-estar próprio e da cidade.

E é claro que todo turista que se preza, mesmo que seja morador da cidade, precisa ver os pontos principais. Vamos a eles.

Instituto Tomie Ohtake

É o famoso prédio da carambola roxa (ou seria lilás?)! Embora esse seja o principal destaque de quem chega perto do prédio, tem muito mais para saber sobre ele.

Foi inaugurado em novembro de 2001 e se destaca por ser um dos poucos espaços da cidade especialmente projetado, conceitual e arquitetonicamente, para ter mostras nacionais e internacionais de artes plásticas, arquitetura e design.

Muitas exposições já ocorreram lá, principalmente de arte contemporânea. O espaço cultural ainda inclui um teatro, café e livraria.

Mais detalhes e a programação você pode encontrar aqui.

SESC Pinheiros

É uma das unidades do Serviço Social do Comércio mais novas da cidade, inaugurado em 2004, tem programação diária com diversas manifestações artísticas, música, cinema, artes visuais, literatura, além de muita tecnologia.

Também é um ótimo local para atividades voltadas para o bem estar corporal e o desenvolvimento físico e esportivo, além de ter ações voltadas para a saúde, alimentação, lazer, turismo e educação ambiental.

Quer saber a programação e mais detalhes? É só clicar aqui.

Museu das Ilusões em Pinheiros

Com a intenção de “enganar o cérebro” com instalações artísticas e tecnologia, o objetivo do Museu das Ilusões é tirar as pessoas da perspectiva de que as coisas são exatamente do jeito que elas parecem ser.

Inspirado nos principais museus de ciências e de ilusão de ótica do mundo, o Museu das Ilusões é o primeiro do gênero na América Latina.

Para comprar ingressos, você pode visitar o site do museu.

Mercado Municipal de Pinheiros

Inaugurado no início do século passado, o Mercado era conhecido como Mercado dos Caipiras, devido ao fato de que os produtores vinham do interior do estado para expor e vender os seus produtos.

Atualmente, além das lojas de frutas, verduras, legumes, peixes e outros gêneros alimentícios, há também vários restaurantes (alguns de chefs premiados), o que faz do local também um ótimo ponto gastronômico da cidade.

No site do Mercado Municipal de Pinheiros, você encontra tudo sobre as lojas, os eventos que acontecem por lá e os horários de funcionamento.

Biblioteca Alceu Amoroso Lima

Uma das mais importantes bibliotecas da rede do Município de São Paulo, a Biblioteca Alceu Amoroso Lima homenageia o grande escritor e crítico literário fluminense.

Na coleção, que tem mais de 30 mil volumes, encontram-se muitas obras importantes sobre poesia, idiomas e a memória do bairro, além de um acervo geral muito vasto.

Para saber como chegar e também detalhes sobre a programação cultural, vá ao site da biblioteca.

Para desfrutar de um bom almoço em Pinheiros

É claro que, se você está dando uma volta pelo bairro, precisa parar para almoçar. E se tem algo que Pinheiros tem de bom também, são os restaurantes. Aqui vão quatro opções para você se deliciar.

tour-por-pinheiros

Cajuí

Uma ótima opção para quem gosta e busca comidas veganas, com ingredientes 100% orgânicos e muitas referências brasileiras no cardápio.

Se você quer se deliciar, não deixe de pedir o que alguns consideram o melhor burger veggie da cidade, feito com tempeh, arroz vermelho, shimeji e beterraba.

Homa Restaurante

Outra opção vegetariana para você comer e socializar. Afinal, ele tem aquelas mesas coletivas e um balcão para que as conversas sobre os pratos e outros temas possam acontecer naturalmente.

Uma boa pedida entre os quitutes é o falafel de feijão branco. Já como prato principal nada como o Gnocchi de mandioquinha com molho de tomate, rúcula e stracciatella.

Maha Mantra

Um restaurante conceitual indiano, com uma mistura fantástica entre os sabores do país asiático e muito da nossa cara brasileira.

Na quarta-feira, é dia da feijuca vegana, que você não pode perder, com poori e chutney. Imperdível.

Vila das Rosas

Outra opção vegetariana e vegana com muita responsabilidade, garantia de origem orgânica e sabores maravilhosos.

Além de ir comer por lá, você pode também comprar os pratos congelados para curtir em casa. É só esquentar e levar o Vila das Rosas para a sua mesa.

O que fazer em Pinheiros à noite?

A noite de Pinheiros (e da Vila Madalena) é muito frequentada desde a segunda metade do século passado. Todos os movimentos culturais importantes passaram por lá. E, se você quiser mesmo conhecer o bairro, precisa frequentar a noite (ou várias noites).

Casa Natura Musical

Um palco especial para a música brasileira, com uma programação que vai fazer você não deixar de perder nenhum show.

Inaugurada em maio de 2017, é um dos lugares mais importantes do circuito cultural paulistano. Não deixe de conferir a programação e acompanhar o que rola por lá.

4 bares em Pinheiros - SP incríveis para você conhecer!

É claro que a região também é reconhecida pelos bares, que são referência na cidade há muito tempo. Seguem quatro deles para você conhecer:

Bar Astor

Para quem gosta dos clássicos, então vai adorar esse bar, que já foi um ponto de encontro dos publicitários da região, e até hoje recebe muita gente para experimentar os coquetéis e drinks incríveis.

Madeleine

Para quem gosta de música ao vivo, é um ambiente ideal para curtir, conhecer gente bacana ou curtir em boa companhia, em um espaço para casais no mezanino.

São Cristóvão

Um misto de bar e restaurante que tem ótimas opções de drinks e muitas comidinhas e pratos, todos baseados nos diferentes aspectos da cozinha brasileira. Tudo isso em um ambiente aconchegante.

Olívio

Para quem gosta de inovação, o Olívio é uma ótima pedida, com drinks muito criativos, que vêm em “copos” para lá de especiais. Vale a pena experimentar cada um pelo sabor e pelo visual.

O que fazer na Faria Lima?

A Avenida Brigadeiro Faria Lima passa por dois bairros principais: Pinheiros e Itaim. O problema é que quem frequenta Pinheiros não se identifica muito com quem frequenta o Itaim.

Então, se vamos falar de Faria Lima e Pinheiros, temos que ir para o caminho raiz, a partir do Largo da Batata. E falar daquilo que você encontra em Pinheiros. Se bem que, na verdade, ninguém sabe realmente onde fica a divisa entre os bairros. Na Rebouças, na Cidade Jardim ou na Juscelino Kubitschek?

tour-por-pinheiros

Não importa a questão geográfica, na Faria Lima tem muita coisa para fazer, entre bares, restaurantes, clubes, o Shopping Iguatemi, além de um lugar muito especial: o Museu da Casa Brasileira.

Conheça o Museu da Casa Brasileira em Pinheiros - SP

Perto do Shopping Iguatemi que, embora já tradicional, ainda mantém a fama de um dos mais (ou o mais) chique de São Paulo, está o Museu da Casa Brasileira. E ele é isso mesmo o que o nome diz. Uma viagem pelas casas que fazem parte da nossa cultura.

Além das exposições, o Museu é um ótimo lugar para eventos. Fica em um imóvel muito bonito e representativo da arquitetura paulistana das classes mais abastadas durante o século 20.

A programação do museu tem exposições temporárias e uma agenda de debates e palestras, além de publicações que contextualizam a vocação para a arquitetura e o design, contribuindo na formação de um pensamento crítico em temas diversos como urbanismo, habitação, economia criativa, mobilidade urbana e sustentabilidade.

Para saber sobre as exposições e a agenda, visite o site do museu.

Pinheiros - SP: Rolês tranquilos para aproveitar o final de semana

Se você quer algum passeio mais tranquilo, pode também curtir as praças do bairro. Se bem que principalmente uma delas, a Benedito Calixto, tem muita agitação nos fins de semana. Conheça algumas.

Praça Pôr do Sol

O lugar é ideal para, como o nome diz, ver o pôr do sol. Mas dá para fazer muito mais do que isso. Afinal, não faltam casais apaixonados, grupos de amigos confraternizando e mesmo pessoas que vão sozinhas lá para meditar, ler e fazer atividades físicas.

tour-por-pinheiros

Praça Victor Civita

Batizada em homenagem ao fundador da Editora Abril, que manteve seu prédio ao lado por muitos anos, ela é uma construção nova, que deu vida a uma área que até pouco tempo não era frequentada.

Feira na Praça Benedito Calixto

Outra atividade obrigatória em Pinheiros e, por que não dizer, para quem visita São Paulo, é ir à feira na Praça Benedito Calixto, que ocorre aos sábados, principalmente para antiguidades e moda, e aos domingos para gastronomia “de rua”.

Isso não quer dizer que essas coisas não se misturam nos dois dias, tanto na praça quanto nas lojas ao redor, principalmente os grandes imóveis que se tornaram negócios colaborativos.

Para arrasar nas fotos!

Na era das selfies e das publicações nas redes sociais, não tem como visitar Pinheiros sem postar que esteve lá, nas inúmeras opções com arquitetura muito bonita.

Escadaria das Bailarinas

Uma escada entre duas ruas do bairro, que anteriormente não se destacava, mas virou um point para selfies e fotos depois que o artista plástico e grafiteiro Kobra desenvolveu lá algumas obras com o tema “bailarinas”.

Beco do Batman

É um lugar obrigatório, uma grande tela ao ar livre para muitas manifestações artísticas de graffitti. De tempos em tempos, as obras se modificam, mas sempre com grande qualidade, o que faz com que seja também uma visita obrigatória.

tour-por-pinheiros

Pinheiros - SP: Investindo em compras

Mas, como a gente disse lá na introdução deste artigo, outra coisa bacana de fazer em Pinheiros é comprar. E aí você pode ter certeza de que vai encontrar todos os tipos de produtos, dos muito caros às soluções sustentáveis na alimentação e na moda.

Conheça a Casa Linus! Ficamos em Pinheiros - SP

E é claro que o melhor lugar para ficar a Casa Linus é o bairro de Pinheiros. Com todo o seu charme e frequência das pessoas que se preocupam com sustentabilidade e moda regenerativa, a Casa Linus tem ótimas opções de sandálias sustentáveis para você mostrar a consciência ambiental e andar muito bonita por aí.

Quer conhecer? Clique aqui e coloque na sua agenda.

3 Brechós em Pinheiros - SP que vale a pena conhecer

Uma coisa fundamental para você fazer em Pinheiros é visitar os brechós. Lá você encontra muito da moda vintage, para consumir com muito estilo, mas também com responsabilidade. Quer saber mais sobre a moda vintage? Clique aqui e leia um artigo que a gente escreveu justamente sobre isso.

E, se você quiser algumas dicas, seguem três brechós para visitar quando estiver em Pinheiros.

Brechó Etiqueta12

Além de muita diversidade de itens, de vários estilos e momentos, você ainda garante que uma parte da renda vá para ONGs brasileiras e instituições de responsabilidade social.

Varal do Beco

Um brechó Vintage, com um acervo de 35 mil peças e acessórios originais das épocas de 1920 à 1990, com foco maior nos anos 60 e 70.

Daz Roupaz

Para quem quer vender ou comprar roupas seminovas, o Daz Roupaz brechó é uma ótima opção, com mais de 400 peças que chegam todos os dias e ficam à disposição tanto na loja física quanto no e-commerce.

E aí, bora visitar Pinheiros em SP?

Agora, que você já revisitou (ou visitou pela primeira vez) o bairro de Pinheiros neste texto, que tal colocar na agenda algumas atrações de lá.

E, se você tem algum lugar muito interessante no bairro que não está no nosso artigo, compartilhe com a gente nos comentários.

compras Pinheiros-SP tour por Pinheiros turismo